O prefeito Rafael Greca vistoriou nesta quinta-feira (31/8) as obras de revitalização do pavimento de 3,2 quilômetros da Rua Algacyr Munhoz Mader, ligação entre a CIC e o Pinheirinho e rota de duas importantes linhas de ônibus. O investimento na obra é de R$2,5 milhões com previsão de conclusão em outubro. “Mais uma grande rua da nossa cidade que recapamos com massa barata e de qualidade feita em casa. Assim que queremos, uma Prefeitura que funciona”, afirmou o prefeito.

A via compõe um conjunto de 5,3 quilômetros de ruas que está em recape na região e abrange a João Bonat, Pedro Bonat e Aleixo Skabra. A Rua Sebastião Malucelli também foi recuperada e é o endereço da Escola Estadual Yvone Pimentel. Os serviços são executados pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Com gestão e a aprovação do ajuste fiscal, a Prefeitura está intensificando as obras de infraestrutura pela cidade. O vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, Eduardo Pimentel, explica que desde o começo do ano foram iniciadas obras de recape e pavimentação em 42 importantes ruas da cidade.

São 26 vias atendidas com a reciclagem e fresagem e outras 16 com implantação de pavimento. “A usina de asfalto da Prefeitura está a todo vapor trabalhando na produção de massa de qualidade para recuperar as ruas, com prioridade para as do transporte coletivo”, afirmou. Pimentel anunciou ainda que, em breve, será iniciado o recape da Rua 13 de Maio.

Marilda Fátima, síndica do condomínio Mauá 1, com cerca de dois mil moradores, agradeceu pela execução da obra de recape. “O asfalto era bem precário cheio de buracos e remendos e com péssima sinalização. Agora, a expectativa é boa, teremos uma rua de qualidade para os moradores da região”, afirmou. Ela disse que a recuperação da via é um pedido de mais de 30 anos da comunidade.

Usina de Asfalto da Prefeitura

O bom desempenho na retomada das obras de recuperação do pavimento só foi possível com a reativação da Usina de Asfalto Engenheiro Gilberto Bueno Coelho, no Abranches. Com isso, foi possível reduzir em até 30% o custo com produção de massa asfáltica.

Uma importante obra feita com massa da usina é o recape da Rua Mateus Leme, em andamento nos bairros Centro Cívico e São Lourenço.

Convênio com Estado

Além das obras em andamento, a previsão da Prefeitura de Curitiba é iniciar em dois meses as obras do convênio de R$ 30 milhões assinado com o Estado para reciclagem do asfalto de 34,5 quilômetros de 61 ruas da capital.

O recurso da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística será transferido para Curitiba a fundo perdido.

DEIXE UMA RESPOSTA